Antologia Des/Pudor – Regulamento

Des/pudor: Uma antologia portuguesa

Des/pudor
(do latim pudōre- + des)
nome masculino

1. Sentimento de vergonha ou timidez causado por algo que fere a sensibilidade ou a moral de uma pessoa;
2. Mal-estar causado pela nudez ou por questões relacionadas com a sexualidade;
3. Atitude de uma pessoa que esconde sentimentos ou emoções por delicadeza, modéstia ou reserva; recato, discrição;
4. Castidade, inocência;
5. Pureza do corpo e da alma;
6. Honra feminina;
7. Falta de pudor ou vergonha; indecência; descaramento;
8. Cinismo.
9. Luxúria.
10. Libertação, emancipação;
11. Liberdade sexual; erótico.

Des/pudor.
Os humanos oscilam entre o pudor e o despudor. A vergonha e o descaramento. A pureza e a indecência. A luxúria, a libertinagem. A liberdade e o constrangimento. Ser ou não ser.
Na antologia de ficção «Des/pudor», pretendemos dar o palco aos nossos leitores. O único requisito é o formato de conto. De resto, só queremos ver a vossa criatividade. E do que o vosso des/pudor é capaz.

 

Datas:
De 1 de setembro de 2022 a 31 de janeiro de 2023: Concurso aberto
Até 28 de Fevereiro de 2023: Anúncio dos vencedores
Feira do Livro de Lisboa 2023: Lançamento da antologia «Des/pudor: Uma antologia portuguesa»

 

Regulamento
1) Podem concorrer autores residentes em Portugal Continental e Regiões Autónomas, independentemente da nacionalidade.
2) Autores menores de idade, com idade igual ou superior a 16 anos, podem concorrer desde que autorizados pelo responsável legal. A autorização deverá ser remetida em conjunto com a submissão e o responsável legal estar claramente identificado (nome, morada, idade, endereço eletrónico, contacto telefónico).
3) Apenas podem concorrer textos inéditos, em língua portuguesa, e submetidos pelos próprios autores. Por inédito entendem-se textos que não tenham sido anteriormente publicados de forma profissional por terceiros, como um todo ou em parte, em formato físico ou eletrónico. Textos anteriormente publicados em formato amador ou de auto-publicação podem ser aceites mediante análise individual.
4) Todos os textos deverão ser inspirados pela temática descrita no texto de apresentação e ser apresentado em formato de conto, não se prendendo a nenhum género literário em particular. Os contos deverão ter uma ligação direta ou indireta ao conceito de «Des/pudor».
5) Cada autor poderá submeter apenas uma obra.
6) O limite de palavras será entre as 1000 (mil) e as 10.000 (dez mil) palavras.
7) A data limite de entrega é às 23:59 do dia 31 de Janeiro de 2023, hora de Portugal Continental. As obras concorrentes deverão ser entregues por e-mail para geral@trebaruna.pt, com o assunto «Des/pudor: Uma antologia portuguesa». Os textos enviados após essa data não serão considerados para efeito do concurso.
8) Serão aceites textos em formato .doc. O texto deverá estar em tamanho 12, com o tipo de letra Times New Roman e espaçamento entre linhas 1.5.
9) O autor deverá enviar dois ficheiros da obra:
– o primeiro deve conter na primeira página: o título do texto, o nome do autor, idade, endereço eletrónico, contacto telefónico e morada. Na segunda página deverá ser apresentada uma sinopse de obra com o máximo de 200 (duzentas) palavras;
– o segundo ficheiro deverá, na sua primeira página, apenas conter o título do texto, e em todo o documento não pode constar qualquer identificação ou elemento identificativo do autor.
10) O Júri será constituído por três elementos reconhecidos pela experiência no género, um dos quais pertencente à Edições Trebaruna, a quem será vedada a identificação do autor das obras a concurso, até ao dia da revelação dos resultados.
11) O número de autores selecionados será decidido pelo júri.
12) O resultado será tornado público até dia 28 de Fevereiro de 2023 através do blogue da editora. Os autores selecionados serão contactados previamente via e-mail.
13) Os critérios para a seleção dos vencedores serão parametrizados em termos do interesse literário do conto; construção e estrutura narrativa; originalidade, fluidez e ritmo da narrativa.
14) Os textos vencedores serão publicados pela Edições Trebaruna, em formato papel. Poderão ainda, se a Editora considerar oportuno, ser publicados em formato eletrónico.
15) A Editora reserva-se no direito de propor ao autor alterações à obra premiada caso entenda que venham melhor adequá-la à futura publicação. Estas sugestões poderão ser alvo de contraproposta por parte do autor. Caso não se chegue a bom entendimento de ambas as partes, a Editora reserva-se no direito de dar por anulado o prémio.
16) Sempre que solicitado pela Editora, os autores vencedores deverão colaborar a participar ativamente em atividades, eventos e campanhas a realizar com o objectivo de promoção, divulgação e comercialização da obra, devendo também fornecer fotografias, nota biográfica, bibliografia e outros elementos necessários à divulgação da obra.
17) A Edições Trebaruna reserva-se no direito da não atribuição do prémio por falta de qualidade dos textos.
18) Não haverá recurso à decisão do júri.
19) Os direitos de autor são de 10 % do preço de capa da obra em papel e 25 % no caso dos livros em formato eletrónico. Poderão ser pagos através da oferta de exemplares ou de transferência bancária. O modo de pagamento é escolhido pelo autor. A editora retém o direito de publicação dos textos por um prazo de dois anos a contar da data de publicação.
20) Qualquer situação omissa ou dúvida de interpretação neste regulamento será decidida pela administração da Edições Trebaruna.
21) Ao submeter o texto, o autor aceita todas as alíneas estipuladas no presente regulamento, bem como as explicações fornecidas pela Editora de acordo com a alínea 20.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.